AO Representante

Próximas Edições

cadastre-se agora!

conte-nos sua experiência

165

JAN/FEV

2017

166

MAR/ABR

2017

167

mai/jun

2017

168

jul/ago

2017

169

set/out

2017

170

nov/dez

2017

Aconteceu comigo

Gostaríamos de receber, até 25/11/2016, relatos de experiências espirituais marcantes, relacionadas a quaisquer de nossos Passos, Tradições e Conceitos e que provocaram profundo impacto naqueles que as vivenciaram.

CLIQUE E ENVIE SEU ARTIGO

capa não definitiva

Responsabilidade

Gostaríamos de receber, até 25/01/2017 relatos sobre assumir compromissos e fazer a sua parte, no âmbito da recuperação pessoal, das relações familiares e sociais, da vida profissional e do serviço em A.A.

Veteranos e recém-chegados

Como veio se transformando o modo de ser e de viver de AAs com décadas de sobriedade, ou então com poucos meses de participação na Irmandade? Quais seus aprendizados relacionados à recuperação pessoal? Como vivenciam a unidade e o serviço em A.A.? Como entendem o que é ser membro dessa Irmandade? Há diferenças entre tempo de A.A. e experiência em A.A.?

O Livro Azul e eu

Valeu a pena seguir o conselho do Dr. William D. Silkworth, quando escreveu “Sinceramente, aconselho a todos os alcoólicos que leiam este livro até o final”? Pensamos em receber relatos sobre como uma simples frase, trecho ou um capítulo do livro básico de A.A. atraiu, sensibilizou e transformou pontos de vista e/ou atitudes daqueles que os leram. Ou narrativas de situações em que o livro foi protagonista na transmissão da mensagem de A.A. em ações de CTO, do Décimo Segundo Passo ou de estudos em grupo, concretizando o que Bill W. disse sobre ele: que é “a espinha dorsal da nossa unidade”. O modo como esse livro foi produzido diz-nos algo sobre o modo de vida de A.A.?

A.A. no Brasil: 70 anos de apadrinhamento

Quando A.A. experimentou um surto de crescimento em Cleveland, “ficou logo claro que um esquema de apadrinhamento pessoal teria que ser imaginado para as novas pessoas”; um ano depois, aqueles pioneiros valorizaram o apadrinhamento pessoal como um dos elementos essenciais de A.A. Por isso, pretendemos celebrar o mês do aniversário de A.A. no Brasil com uma edição repleta de histórias de apadrinhamento pessoal e no serviço da Irmandade, que incluam experiências e aprendizados de padrinhos, madrinhas e afilhados.

Ser e estar em A.A.

O Quarto Conceito de A.A. afirma que, dentre as nossas necessidades espirituais, “Todos nós desejamos profundamente fazer parte”, numa “relação fraternal de parceria”. Há diferenças entre estar em A.A. e ser um AA? Entre frequentar reuniões e fazer parte? Quais? Gostaríamos de receber relatos sobre vivências envolvendo esse sentimento peculiar de sentir-se parte — de um grupo base, da Irmandade mundial, do ambiente de trabalho, de uma família ou comunidade — com todas as suas implicações.

E sempre precisamos também de artigos sobre outros temas relacionados aos nossos três legados (CTO, espiritualidade, alcoolismo feminino, jovens em A.A. etc), experiências de nossos RVs, RVDs e CRVs, piadas, passatempo, ilustrações e fotos de autoria de membros, cedidas ao cpp.

Compartilhe alguma experiência criativa e/ou exitosa no serviço da revista

Faça seu cadastro junto ao CPP

EVENTOS

ARTIGO DO MÊS

Pesquisa de artigos publicados

Aqui você poderá visualizar o título, edição, ano e página de todos os artigos já publicados na Vivência. Por limites de espaço, não está previsto o acesso aos textos, cujas revistas poderão ser adquiridas se houver exemplares em estoque.

Assine! Presenteie! Colabore!

Veja todos

 

11 3229-3611

vivencia1@aabrasil.org.br

©COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 1998 - 2016

JUNAAB - JUNTA DE SERVIÇOS GERAIS DE ALCOÓLICOS ANÔNIMOS DO BRASIL

CEP: 03316-970